Projetos

Eletrólise

postado em 16 de ago de 2012 19:55 por Caio Pinheiro   [ 8 de mai de 2014 18:31 atualizado‎(s)‎ ]

Define-se por eletrólise ou eletroquímica o processo, no qual se induz artificial e forçadamente uma corrente, seja ela elétrica ou química, no sistema, a fim de se obter uma reação química, convertendo energia elétrica em energia química ou vice-versa.1 De um modo resumido, quando os dois compostos entram em contato químico, seus elementos são separados através da corrente elétrica de energia química, forçada.2 Em tal processo, ocorre primeiramente a decomposição (ionização ou dissociacão) do composto em íons. Posteriormente, com a passagem de uma corrente contínua através destes íons, são obtidos os elementos químicos. O processo da eletrólise é uma reação de oxirredução oposta àquela que ocorre numa célula galvânica (mais conhecida como pilha ou bateria), constituindo um fenômeno físico-químico não espontâneo. É importante frisar que, enquanto a reação que ocorre numa pilha ou bateria é espontânea, a eletrólise é um processo antinatural, isto é, não é espontâneo; sua ocorrência só se dará se garantido que uma corrente elétrica seja aplicada no sistema.2

Os processos eletrolíticos são de grande importância na indústria atual e tiveram participação no desenvolvimento de ideias quanto à natureza elétrica da matéria. Entre seus usos está a recarga de baterias e a produção industrial de elementos como o alumínio e o cloro, bem como a confecção de peças extremamente refinadas e de alto rendimento como aquelas usadas na indústria aeronáutica ou aeroespacial.

1-1 of 1